HOME

BIOGRAVURA

Guido Heuer nasceu em Blumenau (SC), no vale do rio Itajaí-Açu, em 22 de junho de 1956. Introspectivo, cedo se impressionou com o raro ofício do avô paterno, Johannes, que, em meio a figuras de anjos e a inscrições lapidares, extraia do bronze o requinte de peças mortuárias, uma arte aplicada de forte tradição entre povos de ascendência germânica. As tardes, passava-as Guido na oficina sombria em que abrasava mistérios aprendendo, pela observação apenas, os princípios da transformação do metal, incluindo o manuseio de elementos químicos, soldas e reagentes. — Leia mais…

GUIDO HEUER E A CONSTRUÇÃO DA MEMÓRIA

A relação entre sujeito e objeto continua sendo o mais fundamental no pensar e no fazer. O processo relacional, tantas vezes conflitante, provoca situações que dependem de contextos, de épocas propriamente ditas. Uma figura, que não pretende se apoiar em nenhuma retórica, é o suficiente para espelhar essa funcionalidade do gesto humano: de necessidades, de desejos, de atividades incomuns e estranhas que, por isso mesmo, são reconhecidas como poéticas. — Leia mais…

Loja

Título: Sem título Técnica: Metal gravado sobreposto em fórmica e outros materiais Tamanho: 60 cm x 50 cm
Título: Sem título Técnica: Metal gravado e outros materiais sobrepostos em fórmica Tamanho: 70 cm x 70 cm